[Resenha] Samurai Shirô - Danilo Beyruth - Cantinho Geek

09 novembro, 2018

[Resenha] Samurai Shirô - Danilo Beyruth


Samurai Shirô é uma HQ de um autor nacional, Danilo Beyruth, que foi publicada pela DarkSide Books. A história se passa em São Paulo envolvendo a Yakusa e heranças de família. O livro apesar de ser um pouco grosso pode ser lido em apenas um dia. O traço do autor é muito belo e fiquei encantada com os detalhes.

Acompanhamos a história de Akemi, uma garota descendente de japoneses que acabou de perder o seu avô pois ele foi assassinado, e também acompanhamos a história de um homem que acorda em um hospital todo ferido e cheio de cicatrizes no rosto, e a única coisa que ele carrega consigo é uma katana. Tentando entender quem ele foi, este homem que depois passa a se chamar Shirô, vá atrás de alguém que pode lhe informar sobre a katana que carrega e assim, seguindo pistas, ele acaba indo parar na casa de Akemi justamente no dia em que uma gangue resolve ir lá para violentá-la. 

Enquanto eles escapam aparece um outro homem - um japonês - que começa a persegui-los, mas não consegue pegá-los. Com todos esses conhecimentos Akemi decidi visitar os lugares aonde o seu avô ia ver certos amigos e acaba descobrindo muito mais sobre a sua verdadeira origem e o motivo de estar sendo perseguida pela Yakusa.

No livro podemos diferenciar as línguas faladas pelo uso de < >. Quando vão falar algo em japonês sempre tem esses símbolos no começo e final da frase ou palavra. Ex: <morra>.

Eu achei a história bem divertida e cheia de ação, o autor também faz uso de algumas palavras em japonês romanizadas, mas deixa elas sem tradução. Eu consegui entender o que estavam falando, mas foi simplesmente por que durante toda a minha adolescência eu assisti animes - e até assisto hoje em dia, mas bem menos. E quando assistimos muitos animes acabamos descobrindo algumas palavras que os personagens falam e tal, só que uma pessoa que não teve contato com essa linguagem antes não vai conseguir saber o que é. Acredito que faltou uma tradução, talvez uma nota de rodapé com o significado já bastasse. Felizmente, são pouquíssimas as palavras que o autor faz isso.

O final do livro dá a entender que terá uma continuação, eu achei interessante a ideia de volumes, até porque nos mangás se trabalha muito isso, mas como terá continuação eu achei que a história podia ir com um pouco mais de calma. Sou muito acostumada com os mistérios que rondam os mangás por vários volumes e ainda deixa a história interessante, acredito que por isso acabei estranhando um pouco.

Eu não quero falar muito mais sobre o enredo, pois como eu disse, a leitura é bem rápida e pode acabar atrapalhando aquele gostinho de surpresa. Volto a falar que a edição está belíssima, e que eu amei a capa! O tom de azul ficou perfeito e os símbolos da capa casam perfeitamente com a história.

Se você gosta de HQ com uma boa dose de violência e samurais lutando com suas longas katanas, recomendo que leia Samurai Shirô. Será uma história rápida e divertida.

Avaliação:
3,5/5

2 comentários:

Não esqueça de deixar o seu comentário! Pode não parecer, mas um blogueiro vive de comentários e sugestões, faça a sua parte e deixe esta blogueira feliz!

Dicas:
- Deixe o link do seu blog/site, eu sempre dou uma olhada!

Regrinhas básicas:
- Por favor não usem palavras de baixo calão.
- Comentários desrespeitosos serão excluídos.