[Resenha] Fahrenheit 451 de Ray Bradbury - Cantinho Geek

25 novembro, 2018

[Resenha] Fahrenheit 451 de Ray Bradbury



E aí, geeks? Como estão?

Hoje trago  uma resenha com uma história distópica novamente, criada por um grande romancista chamado Ray Bradbury.

Nessa distopia, que foi escrita em 1953, período pós Segunda Guerra Mundial, somos levados a uma sociedade dominada por um regime totalitário em que todos os livros e materiais didáticos são proibidos. E o trabalho dos bombeiros não é apagar incêndios, mas fazê-los, caso existam pessoas que possuam livros em suas residências.



E esse é o trabalho do bombeiro Montag. Certo dia, encontraram uma senhora que possuía livros em sua casa e então, por dignidade, ela se matou no incêndio e queimou-se viva junto de seus livros. E esse é o momento em que Montag se questiona, acaba levando um livro consigo e muda toda sua história dali em diante, infringindo regras que poderiam levá-lo a destruição.

A sociedade criada por Bradbury é uma enorme crítica ao período nazista, em que realmente houveram queima de livros. Mas também critica a idiotização do ser humano, que prefere frases prontas, coisas fáceis e rápidas de serem lidas ou feitas. E no fim, o extermínio de livros na sociedade não foi de total culpa do governo, mas da própria população que se tornou extremista demais.



O livro é curto, com apenas 215 páginas e eu li rapidinho. Existem algumas passagens mais confusas e existencialistas, mas que nos fazem parar para pensar sobre a sociedade como um todo. Diria que é mais um dos livros importantes para serem lidos devido ao momento político que estamos passando. Alguns trechos recomendo que leiam duas vezes, pois pode ser difícil compreender. Vou deixar uma das frases do livro que me impactou bastante:

"Todos temos nossas opiniões a dar. Cabe agora a você decidir com qual ouvido quer escutar."

Lembrando que existem versões para o cinema. Uma de 1966 e uma bem atual produzida pela HBO, lançada neste ano.



Avaliação: 5/5
Autor: Ray Bradbury
Editora: Biblioteca Azul
Ano: 1953

Nenhum comentário:

Não esqueça de deixar o seu comentário! Pode não parecer, mas um blogueiro vive de comentários e sugestões, faça a sua parte e deixe esta blogueira feliz!

Dicas:
- Deixe o link do seu blog/site, eu sempre dou uma olhada!

Regrinhas básicas:
- Por favor não usem palavras de baixo calão.
- Comentários desrespeitosos serão excluídos.