[Resenha] Um beijo à meia-noite - Eloisa James - Cantinho Geek

09 junho, 2018

[Resenha] Um beijo à meia-noite - Eloisa James


Acredito que na resenha do livro Quando a bela domou a fera eu tenha mencionado o quanto me tornei fã da autora Eloisa James e se não mencionei fica registrado aqui. No começo eu estava com um pé atrás com este volume, pois o primeiro havia sido tão bom e algumas pessoas disseram que o segundo não era tão bom assim, mas me surpreendi. O livro começa um pouco lento mesmo se você considerar que o volume 1 é bem rápido quanto a mocinha se encontrar com o mocinho, mas acredito que neste livro foi necessário. Acho que se não tivesse visto as críticas negativas eu não teria achado o comecinho do livro paradão, mas achei. Acontece que o começo do livro é justamente para apresentar os personagens e mostrar ao leitor como eles vivem, fazê-lo sentir-se na pele dos personagens. É o que acontece e assim que passa esse momento de introdução nos vemos completamente imersos em um magnífico romance entre Kate e Gabriel. Se você gosta de romances de época tanto quanto eu, então não pode perder essa resenha, ainda mais porque Um beijo à meia-noite é baseado no conto de fadas de Cinderela, mas de um jeito novo e gostoso de ler.


Kate Daltry, assim como nossa querida Cinderela, perdeu sua mãe muito cedo, seu pai logo se casou e a mulher tinha uma filha. No entanto, Victoria é um amor de pessoa e não concorda com o que a mãe, Mariana, faz com a sua meia irmã. Katherine ou Kate vive no sótão, usa roupa de criados e administra a propriedade pois Mariana havia demitido quem o fazia. Ela não teve tempo para debutar e nunca foi apresentada para a sociedade, assim, não tivera uma boa instrução e nunca aprendera etiquetas ou a dançar.

Kate já estava acostumada a viver como uma criada e se vê surpresa ao ter que viajar no lugar de Victoria e ir convencer o príncipe de aceitar o seu casamento. Victoria levou uma mordida de cachorro nos lábios e não pode aparecer em público, no entanto, o casamento entre ela e Alguie só seria realizado caso o príncipe - parente de Alguie - desse o seu aval. Como ela não pode ir, Kate deverá ir no lugar da irmã e fingir ser ela, e sim, ela acaba descobrindo que Victoria não é só sua meia-irmã, mas sim uma irmã de verdade, pois Mariana era amante de seu pai.

Meio sem jeito Kate acaba indo. Os vestidos de Victoria não cabem muito bem em seu corpo pois ela está magra e sua pele é bem bronzeada e queimada pelo sol. O disfarce é perfeito, no entanto, o príncipe fica dando em cima dela em uma tentativa de esquecer de seu noivado arranjado, mas Kate não é como as outras damas, pela forma que foi criada ela não tem pregas na língua e diz tudo na cara do príncipe convencido.

— Não consigo imaginar por que acharia que suas preferências têm alguma importância no que diz respeito ao meu penteado. Isso seria tão estranho quanto supor que eu tenho algum interesse no seu cabelo.
Página 67.

Por um deslize de sua aia, o príncipe Gabriel acaba descobrindo que Kate está fingindo ser Victória, mas ele acredita que ela é apenas a filha do leiteiro e não uma herdeira. Gabriel se vê apaixonado por Kate, mas sua noiva - a quem havia sido destinado - está chegando e eles tem apenas alguns dias para ficar com Kate.

Claro que no início, como todo romance, eles não aceitam que estão apaixonados um pelo outro. Várias situações acontecem, situações divertidíssimas que me fez dar várias gargalhadas. As cenas entre Gabriel e Kate são apimentadíssimas, fazendo com que o leitor acabe soltando alguns suspiros. 

Kate faz amizades e conhece a sua madrinha Henry - apelido de um nome estranho - que a reconhece de imediato. Para não ser desmascarada na frente de todos ela acompanha a mulher até o quarto e confessa tudo. Sua madrinha demonstra ser uma mulher carinhosa e dali em diante trata Kate como se fosse sua filha, uma filha que nunca pôde ter.

Assim como o primeiro volume eu consegui ler este em um único dia! A leitura é leve e divertida, e como adoro romances picantes eu ficava ansiosa pra ler logo heheheh. O próximo volume se chama A duquesa feia e é uma releitura de O patinho feio. Nunca havia visto uma releitura deste conto em específico, então, estou bem curiosa!

E você? Já leu Um beijo à meia-noite?






Nenhum comentário:

Não esqueça de deixar o seu comentário! Pode não parecer, mas um blogueiro vive de comentários e sugestões, faça a sua parte e deixe esta blogueira feliz!

Dicas:
- Deixe o link do seu blog/site, eu sempre dou uma olhada!

Regrinhas básicas:
- Por favor não usem palavras de baixo calão.
- Comentários desrespeitosos serão excluídos.

Instagram