[Resenha] Dentes de Dragão - Michael Crichton - Cantinho Geek

13 junho, 2018

[Resenha] Dentes de Dragão - Michael Crichton













E ai geek's tudo bem??

Hoje trago para vocês a resenha do livro Dentes de dragão lançamento da Editora Arqueiro, o livro é do autor Michael Crichton que escreveu também nada mais nada menos do que o grande Jurassic Park. 

Vamos lá! 
Nesta resenha vou utilizar a cor vermelha para destacar os principais personagens e as cidades citadas.


A história se passa nos Estados Unidos nos anos de 1800, o personagem principal é William Johnson que é um rapaz rico vindo de uma família da Filadélfia e que sai de casa para estudar em Yale na Yale College

Johnson é um rapaz talentoso, bem-apessoado, atlético e competente de acordo com o diretor da Yale, o rapaz porém é um pouco rebelde e passa por aquela fase de transição entre a vida de adolescente para a vida adulta e seu pai faz de tudo para que o rapaz venha a se tornar um homem o mais rápido possível, afinal ter que pagar os prejuízos do filho já estava ficando caro.

Porém nem tudo em Yale era como Johnson queria e como sempre há um rival a sua frente, no caso de Johnson era um outro aluno chamado Harold Hannibal Marlin que tinha a mesma idade de Johnson e características bem parecidas, Harold veio de Nova York e se achava superior em todos os aspectos, ambos viviam travando discussões e apostas.

Tinha apenas um feito de Harold que Johnson ainda não havia conseguido, ir ao Oeste, o Oeste do EUA naquela época era uma localidade selvagem onde vivam os índios e ainda estava em colonização, então todo branco (como era chamado o povo que não era índio) que pisava naquelas terras ou morria ou voltava bem calejado da guerra, porém como Harold tinha um irmão que morava em Kansas City ele já havia visitado parte do Oeste, porém uma parte não tão perigosa. Então Harold desafiou Johnson a ir ao Oeste e se o mesmo conseguisse pagaria Mil dólares a ele, lembrando que em 1800 isso era muita grana.



Johnson a partir dali desistiu de sua viagem de férias para a Europa e mudou o destino para o OESTE. Assim começa a aventura, porém surgiu uma dúvida, como ele conseguiria ir ao Oeste? Johnson conversou com seus pais e sua mãe desaprovou totalmente com medo de que seu filho fosse morto pelos índios, porém como o pai de William Johnson queria o filho amadurecesse o incentivou a ir, Johnson então encorajado pelo pai descobriu que um professor de Paleontologia de Yale estava marchando para o Oeste em busca de fósseis de dinossauro e pediu ao professor para acompanha-lo, porém no inicio foi negado, até que Johnson mentiu ao professor dizendo que sabia fotografar e então foi aceito no grupo, porém o mesmo teve que fazer um breve curso de fotografia escondido do professor Marsh para aprender o trabalho, naquela época um fotografo era visto igual um pião então o mesmo não tinha reconhecimento pelas suas atividades.

Marsh como Johnson também tinha um rival, o seu nome era Edward Drinker Cope mais conhecido como Cope, um professor de Paleontologia tão bom quanto Marsh e que vinha da Filadélfia assim como Johnson, porém o professor de Johnson guardava um grande rancor do Cope e contou várias histórias absurdas sobre o seu rival que futuramente se mostrariam como mentiras esfarrapadas.

Opinião: EU ODEIO O MARSH aquele tipo de personagem chato ahshash.


Johnson começa sua expedição junto a Marsh marchando para o Oeste porém o professor desconfia que Johnson é um vigarista que esta trabalhando para Cope e que apenas quer recolher informações para o rival. Então Marsh decide deixa-lo para trás e isso já depois de um grande pedaço da viagem, o menino foi deixado em Cheyenne uma cidade pacata porém que havia alguns arruaceiros e pistoleiros. Lá Johnson acaba conhecendo uma moça chamada Lucienne e se apaixona, ela trabalhava dançando em boates e saindo com clientes. 

E na mesma cidade Johnson conhece Cope que está indo em busca de fósseis assim como Marsh e convence John a ir, o professor Cope conta todas as verdade sobre ele a qual Marsh havia mentido, e apresenta John ao seu grupo. Eles partiram para o Oeste atravessando várias barreiras para conseguirem chegar ao território de exploração, o professor Cope é extremamente inteligente e ao mesmo tempo pavio curto, vire e mexe estava brigando e batendo em alguém até mesmo em um Xerife que foi se engraçar para cima do mesmo.


O território aonde John foi explorar junto com o professor era rota de uma das tribos indígenas mais perigosas daquela região os chamados Sioux, eles matavam com muita crueldade todos os brancos que passavam a uma distância de 2 km deles.

Depois de passaram vários dias explorando Johnson acabou fazendo uma grande descoberta, os dentes de um dinossauro e que prometia ser a maior descoberta dos tempos. 


A partir daqui eu não vou contar mais sobre a história só alguns pontos que eu achei importante.

1º Até agora eu não entendi o motivo que do nada na história eles passam a chamar o dente de dinossauro de dente de dragão, ainda acredito que seja apenas uma jogada de marketing para alcançar um público diferente.

2º O livro é muito fácil de ler, o escritor é genial na forma com que escreve a história. 

3º Eu pessoalmente gostei do final do livro acho que foi coerente e bem resolvido.


Bom é isso, espero que essa resenha tenha trazido um pouquinho de curiosidade para vocês conhecerem o livro, o mesmo tem várias partes reais então vários personagens realmente existiram e fazem parte da história dos Estados Unidos, os povoados indígenas também são reais e a guerra que eles passavam contra o exercito americano que foi nada mais do que um genocídio em busca de ouro também é real.

Então se você também tem curiosidade em conhecer um pouco mais sobre a história americana eu super recomendo.

Esperam que vocês tenham gostado da resenha, caso já tenham lido o livro ou tem interesse em ler deixa ai nos comentários sua opinião e o que acharam do mesmo.

Obrigado por ler até aqui!!
Nota 5/5

Nenhum comentário:

Não esqueça de deixar o seu comentário! Pode não parecer, mas um blogueiro vive de comentários e sugestões, faça a sua parte e deixe esta blogueira feliz!

Dicas:
- Deixe o link do seu blog/site, eu sempre dou uma olhada!

Regrinhas básicas:
- Por favor não usem palavras de baixo calão.
- Comentários desrespeitosos serão excluídos.

Instagram