[Resenha] Quando a bela domou a fera - Eloisa James - Cantinho Geek

13 abril, 2018

[Resenha] Quando a bela domou a fera - Eloisa James


Quando a bela domou a fera faz parte de uma série de livros que irão fazer uma releitura - de um modo bem diferente - dos contos de fadas. Pelo nome vocês já devem imaginar que se trata de uma releitura de A Bela e a Fera, pois bem, algumas características do conto de fadas você vai encontrar no livro, mas apenas isso, esqueça todo o resto. Este é o primeiro livro que leio da Eloisa James e já posso dizer que é uma das minhas autoras #1.

Os dois primeiros livros da serie - Quando a bela domou a fera e Um beijo à meia-noite - foram publicados aqui no Brasil pela Editora Arqueiro, acredito que em breve os próximos volumes deverão sair e eu já solicitei o próximo livro para ler e trazer a resenha aqui para vocês.

Quem não gosta de um bom romance de época, não é mesmo? Comecei a adentrar neste mundo com a Editora Arqueiro e sinto que nunca mais vou conseguir sair, afinal, não teve um único romance de época que eu li até hoje que não gostei. Todos são bons! Bons não, ótimos!


Quando a bela domou a fera conta a história e desavenças de Piers e Linnet. Diferentemente dos outros livros onde as damas buscam a todo custo manter sua reputação, neste livro, Linnet tem a sua reputação arruinada por dois mal intendidos. Ela estava flertando com o príncipe, já havia trocado alguns beijos com ele, mas nada mais que isso. Porém o rapaz jamais poderia se casar com ela e a dispensa, até aí tudo ok, até que certo dia Linnet comeu um camarão estragado, passou mal e vomitou antes de conseguir chegar ao banheiro. Outro motivo pelo mal entendido é que aconteceu um baile e ela foi com um vestido majestoso, mas que de lado com aquele tanto de panos parecia que ela estava grávida de cinco meses! Com isso toda a Londres começou a falar mal da pobre garota que não tinha feito nada de errado.

Seu pai fica desesperado e sem saber o que fazer, afinal, sempre teve o máximo de cuidado possível com Linnet pois sua esposa - mãe de Linnet - havia sido uma libertina que traia o marido e toda a cidade sabia, então, a reputação de Linnet já estava manchada antes mesmo de nascer.

Sua tia Zenobia aparece e depois de muito falatório eles tem um incrível e terrível plano, oferecer a mão de Linnet para o filho de Windebank e falar que ela está grávida do príncipe, pois o seu filho Piers - um médico incrível, mas conhecido por seu péssimo humor - é manco e impotente. E como o conde de Windebank se importa muito com o sangue real as chances de ele aceitar os casamentos era quase 100% e o pai de Linnet já parte para falar com o homem sem nem mesmo falar com ela.

Acontece que Linnet não espera bebê nenhum, mas sua tia fala que ela ainda tem algumas horas para se deitar com o príncipe ou qualquer um que se pareça com ele e gerar um bebê. Linnet sai, mas pede o que o cocheiro fique dando voltas e depois de casada contaria ao marido que não estava esperando bebê nenhum.


Assim, Linnet é mandada para Gales conhecer seu futuro marido. É óbvio que em Gales o rapaz não está nada contente com a ideia, o mesmo não conversa com o pai há 26 anos e mora em um castelo antigo da família onde cuida dos enfermos que aparecem. Lá vivem ele, seu primo Sebástien, o mordomo Prufrock e os três patinhos - apelido que Linnet dera aos três rapazes que ficam seguindo Piers e buscam aprender medicina.

Piers é conhecido como o melhor médico do país, no entanto, seu mau-humor afasta todos que estão perto dele. Posso dizer que seu humor é muito parecido com o do Dr. House da série House. Até a autora, em suas notas, diz que se baseou um pouco. Piers usa uma bengala e sente muita dor na perna, devido a isso ele está sempre carrancudo e fazendo as pessoas entrarem em desespero.

- Você leu aquela também, seu gambá pestilento?
Pg. 20

O encontro de Linnet e Piers é ótimo, pois a garota rapidamente percebe que terá que se impor ou passará o resto da vida tendo que abaixar a cabeça, e aí as alfinetadas começam. Eu simplesmente adorei pois é tão natural que acredito que eu mesma falaria daquele jeito com o Piers e me divertiria com a cara rabugenta dele.

Acontece que Piers não quer se casar e bom, Linnet também não, mas eles decidem passar um tempo juntos - algo que acontece naturalmente. Linnet se pega desejando Piers, mas se sente mal, afinal, já havia sido informada que o rapaz era impotente e isso fez com que ela se sentisse um pouco mais confortável ao seu lado.

Além desse problema todo a mãe de Piers aparece no castelo de surpresa e o que ela não esperava era encontrar o marido que há anos não via. O conde está totalmente arrependido de seus atos, mas ela ainda não o perdoou e faz de tudo para passar ciúmes no homem.


A história é incrível, eu adorei os diálogos e me diverti muito lendo. É completamente diferente de todos os romances de época que eu já li, pois Linnet já não se importa com a sua reputação, afinal, ela está arruinada. E bem, os homens da casa são até cavalheiros, mas Piers não tem um pingo de decência.

Acontece várias coisas que não posso contar ou seria um spoiler, afinal, eu mesma foi pega de surpresa. Mas teve uma epidemia de febre no castelo e tudo vira de cabeça para baixo... E... não conto mais nada!!

O livro é ousado, divertido e rápido de ler. E quando digo rápido não duvide pois eu li as 320 páginas em um único dia e não me senti exausta em nenhum momento. A narrativa é tão bem descrita que as vezes me senti sendo a Linnet e eu estava ali sentindo suas angústias, medos e paixão, tanto que deveria estar fazendo careta pois meu noivo ficava me questionando se tinha acontecido algo (risos). Ah! E para quem veio ler esta resenha querendo saber se há cenas hot, não se preocupe, tem sim! Não são muitas, mas as que tem... ui, ui!

Quando a bela domou a fera é um livro perfeito para quem ama romances de época com um bom toque de humor. Você vai rir, se apaixonar e se emocionar. Tenho certeza que este livro ficará como uma das melhores leituras de 2018 não apenas para mim, mas para você que ler. Ansiosíssima para ler Um beijo à meia-noite!

E você? Já leu este livro? Conte-me o que achou nos comentários.

Avaliação:
5/5





4 comentários:

  1. Oi, Gessica
    Li o livro semana passada e também me diverti muito com esta história. Piers e Linnet são um casal bem diferente, até porque eles não se importam muito com as convenções sociais, e foi o que me encantou. Foi fofo ver os dois, estou ansiosa para ler o segundo.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi!
      Sim, eu também amei eles por essa diferença. Foi um livro que me encantou muito. Quando sair a resenha do segundo vem aqui ler *-*

      Beijinhos.

      Excluir
  2. Só de ler a resenha e sentir a sua empolgação com o livro fiquei curiosa para ler, ainda mais do que já estava quando havia comentado rapidamente comigo sobre o mesmo. Faz muito tempo que quero ler romances de época, mas nunca começo. O que me chamou atenção foi você ter lido mais de 300 páginas em um dia, e é exatamente isso que estou precisando no momento: uma leitura mais leve e divertida que me deixe grudada no livro e tenha uma leitura super fluida.
    Fiquei curiosa para saber ainda mais da história e ter as mesmas surpresas que você! :D

    www.sonhandoatravesdepalavras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oieee!!
      Ai como eu amei esse livro. Realmente foi uma leitura agradável e tenho certeza que você vai adorar. Eu não costumava ler Romances de Época até a editora Arqueiro aparecer na minha vida. Aí só foi amor!

      Excluir

Não esqueça de deixar o seu comentário! Pode não parecer, mas um blogueiro vive de comentários e sugestões, faça a sua parte e deixe esta blogueira feliz!

Dicas:
- Deixe o link do seu blog/site, eu sempre dou uma olhada!

Regrinhas básicas:
- Por favor não usem palavras de baixo calão.
- Comentários desrespeitosos serão excluídos.

Instagram