[Resenha] As Crônicas de Marte - Organizado por George R. R. Martin e Gardner Dozois - Cantinho Geek

05 março, 2018

[Resenha] As Crônicas de Marte - Organizado por George R. R. Martin e Gardner Dozois



E aí geeks, tudo bem com vocês?

Venho com mais uma resenha e dessa vez é um livro de contos organizado por ninguém menos que o figurão que inovou o gênero fantasia e inspirou muitos novos escritores com suas tragédias, violência, sexo e traição em proporções épicas. Isso, estou falando de George R. R. Martin, ou Georginho para os mais próximos.

Não que eu seja tão próximo dele assim.
. . .
Deixa pra lá.



Ele não organizou tudo sozinho, contou com a ajuda de Gardner Dozois, muito conhecido por trabalhar nada mais, nada menos que 20 anos como editor da Asimov's Science Fiction, uma das maiores revistas, se não for a maior, sobre os gêneros ficção científica e fantasia.

O grande objetivo desta obra é contar histórias que se passam em Marte, quando as pessoas ainda acreditavam que havia vida por lá e que era um lugar habitável, isso até a galerinha aqui da Terra resolver mandar as sondas Mariner para o planeta vermelho e provar o contrário.


O livro é lindo, a Arqueiro caprichou na capa, que é muito bem feita mesmo sendo em brochura. O conteúdo é muito bem organizado, cada conto é separado por uma página em preto com o nome do conto e do autor do mesmo. Virando a página somos brindados com informações sobre a carreira e premiações do dito cujo, o que é bem legal para a galera que quer saber um pouco mais do autor e procurar seus outros trabalhos.

Os contos, em sua grande maioria, são muito bons. Destaques para “O Acidente do Mars Adventure”, de David D. Levine, e também para “Nas Tumbas dos Reis Marcianos”, de Mike Resnick, com sua personagem principal, Scorpio, que é uma versão do Han Solo que eu venho procurando nos livros há um bom tempo e que eu gostaria muito se o autor trouxesse de volta em uma aventura completa, explorando mais sobre a personagem e seu companheiro Merlin.

Ambos os contos citados me trouxeram aquela sensação de nostalgia e espírito aventureiro e cheio de humor de estar vendo um filme do Indiana Jones, Piratas do Caribe e até mesmo Planeta do Tesouro, me fazendo lembrar porque gosto tanto de ficção e me transportando de volta para o começo dos anos 2000.


Infelizmente, encontrei alguns contos que me passaram uma sensação de serem mais arrastados, com uma leitura cansativa. Em especial foi o caso de “Bancos de Areia” de Mary Rosenblum. Não estou dizendo que seja uma história ruim, muito pelo contrário. Mas chegar até o final do conto pareceu uma longa jornada, e que pode desanimar o leitor que procura uma leitura leve e descontraída.

Outra coisa que afeta o livro, por ser um conjunto de vários contos, é que o mesmo sofre com o problema de informações incompletas em determinados momentos de algumas de suas histórias, como nomes de alguma tecnologia, nave, espécie, etc. Mas eu acho que os autores conseguiram fazer um trabalho muito competente para suprir essas pequenas falhas.

Devo deixar anotado também que fazer resenha de um livro com vários contos é sempre uma dificuldade para nós resenhistas, pois se falamos sobre cada um dos contos, a leitura da resenha se torna longa e enjoativa, mas se tentamos ser breves, parece que estamos deixando muita coisa de fora, o que tem seu fundo de verdade, mas tentei resumir tudo da melhor maneira possível.



Por fim, percebi que este livro talvez esteja tentando ser vendido mais por causa do renome de George R. R. Martin do que pela qualidade de seus contos (que não são ruins!), o que é uma pena, pois para o mais desavisado ou um fã do autor que gosta de adquirir qualquer coisa com o nome dele, essa não seja a melhor escolha, o que pode acarretar em decepção e arrependimento futuro.

Bom, apesar dessas observações, esta obra é uma ótima aquisição para você que é fã de ficção científica e já está cansado das milhares de histórias em galáxias muito, muito distantes com suas fronteiras finais, mas deseja se jogar num vácuo um pouco mais familiar e chegar num planeta nem tão distante assim.



Avaliação: 3,5/5
Autor: Diversos
Editora: Arqueiro
Ano da Publicação: 2018 (No Brasil)

2 comentários:

  1. Ainda não conhecia esse livro mais gostei bastante da capa dele, é uma pena o livro ter contos que demoram para se desenrolar, isso é realmente cansativo quando se trata de leitura.

    ResponderExcluir
  2. Concordo com você Dandara, já nem sei quantos livros deixei de lado por esse fato.

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar o seu comentário! Pode não parecer, mas um blogueiro vive de comentários e sugestões, faça a sua parte e deixe esta blogueira feliz!

Dicas:
- Deixe o link do seu blog/site, eu sempre dou uma olhada!

Regrinhas básicas:
- Por favor não usem palavras de baixo calão.
- Comentários desrespeitosos serão excluídos.

Instagram