[Resenha] O Voo da Vespa - Ken Follett - Cantinho Geek

22 fevereiro, 2018

[Resenha] O Voo da Vespa - Ken Follett

Olá, geeks! Como estão?
Hoje trago a resenha do livro de um grande autor, Ken Follett: O Voo da Vespa.
Sempre ouvi falar muito bem do autor, os elogios iam desde à escrita ao enredo, então, quando a editora mandou o catalogo, não pensei duas vezes.
E não é que o autor faz jus aos comentários?

A obra é ambientada na Segunda Guerra, e nos traz uma visão bem diferente da qual estamos acostumados, pois conhecemos um país que não estava diretamente relacionado à guerra, a Dinamarca, que não mostrou resistência ao governo nazista, e é ocupada pelos inimigos.

Obviamente, grande parte da população não está contente com o ocorrido, entre eles, Hermia Mount. Filha de um diplomata, viveu durante um bom tempo na Dinamarca, mas teve que deixar o país devido à invasão, deixando até mesmo o noivo, Arne Olufsen, um piloto dinamarquês.

Arne, que odeia o fato de seu país não ter lutado por liberdade, possui um irmão chamado Harald, um jovem apaixonado por mecânica e incrivelmente hábil máquinas. Em uma noite, no caminho para casa, o jovem faz uma descoberta grandiosa, podendo decidir quem vencerá a guerra. Primeiramente, os irmãos não estavam envolvidos com espionagem, mas ambos se envolverão inevitavelmente.


Já Hermia, vivendo uma vida totalmente diferente de antes, possui uma rede de espionagem britânica, e isso leva Digby Hoare até ela.

Digby precisa descobrir o que significa “Freya” urgentemente, pois é um dos fatores que pode levar a Inglaterra à derrota, o que o faz depositar todas as suas esperanças na rede de Hermia, os Vigilantes Noturnos, que são liderados por Poul Kirke.

Porém, quando Peter Flemming, um ganancioso detetive dinamarquês que é favor dos nazistas, intercepta uma dessas informações, os riscos passam a ser maiores para os espiões e as chances da Inglaterra sair vitoriosa diminuem drasticamente. Será que os nossos protagonistas conseguirão salvar toda uma nação?

Mostrando uma trama de tirar o fôlego, Ken Follett criou personagens marcantes e uma história digna de adaptação de cinema. Conseguimos visualizar facilmente o enredo, além de ver um lado totalmente diferente da história mundial. Estamos acostumados a ler livros e assistir filmes sobre países que participaram diretamente da Segunda Guerra, mas o que temos aqui é realmente inusitado, nos sentimentos em um filme. Eu não esperava nada de novo, então foi uma grande surpresa.

Todos os personagens são bem construídos e colaboram de alguma maneira com os acontecimentos. Como são muitos, decidi falar dos mais importantes, mas todos tem o seu papel.

Para quem não está acostumado com livros do gênero e gostaria de tentar, eu recomendaria esse, com certeza. Há momentos de reviravolta, momentos divertidos, de dor, reflexão, romance, mas todos na medida certa.

Meu único arrependimento é não ter lido nada do autor antes, pois Follett já entrou pra minha lista de favoritos e considero uma das melhores leituras de 2018.

2 comentários:

  1. Já faz um tempo que pretendo ler esse livro. E sim! A história é bem diferente das que habitualmente leio.
    E lendo a resenha realmente parece que a trama está se passando em um filme.
    Legal quando um autor nos transporta para um mundo totalmente diferente.
    Os personagens no meio de uma guerra,com uma descoberta bombástica e várias aventuras,não tem como não ler esse livro.

    Boa dica!

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar o seu comentário! Pode não parecer, mas um blogueiro vive de comentários e sugestões, faça a sua parte e deixe esta blogueira feliz!

Dicas:
- Deixe o link do seu blog/site, eu sempre dou uma olhada!

Regrinhas básicas:
- Por favor não usem palavras de baixo calão.
- Comentários desrespeitosos serão excluídos.

Instagram