[Resenha] Julie Murphy - Dumplin'

Olá, geeks! Como estão?
Hoje trago a resenha de um livro super girl power, Dumplin'.

O livro conta a história de Willowdean Dickson (apelidada pela mãe de Dumplin, em inglês bolinho assado), uma jovem de 16 anos que é acima do peso e sabe disso, mas não se importa nada com esse fato e nem vê por que deveria.

"Sei que as garotas gordas deveriam ter alergia a piscinas, mas eu adoro nadar. Não sou boba: sei que as pessoas ficam encarando, mas não podem me culpar por eu querer dar uma refrescada. E por que isso deveria fazer alguma diferença? Por que ter coxas enormes e cheias de celulite me obriga a pedir desculpas à humanidade?"

Sua melhor amiga chama-se Ellen, uma adolescente simpática e divertida, que possui a típica beleza padrão e isso faz Dumplin' se sentir menor em muitas coisas, mas a amizade das garotas é linda de acompanhar. As duas se conheceram ainda na infância ao som de Dolly Parton e isso é apenas uma das coisas que as unem, já que são como irmãs.

"Não foi apenas a aparência da Dolly que nos atraiu. Foi  a atitude inspirada na consciência de que as pessoas achavam essa aparência ridícula, mas sem mudar nem um único detalhe, porque se sentia bem em relação a si mesma. Para nós, ela é... invencível."

Mas, como nem tudo são flores, há um problema: sua mãe, a ex Miss Jovem Flor do Texas, não aceita a filha ser gorda, ainda mais depois da morte de Lucy (tia de Willowdean), uma mulher que sofria de obesidade e veio a falecer devido a um ataque cardíaco. Sua mãe a faz assistir a programas onde garotas tentam perder peso, controla a comida e acredita naquela imagem padrão da mulher: seja magra para conquistar um bom namorado, entre outras coisas, que fazem Dumplin' se sentir péssima com o corpo que tem, ainda mais sofrendo a pressão por ser filha de uma ex miss.

"Houve ocasiões em que me proibi de fazer coisas importantes. E tudo porque estava com medo de que alguém me olhasse  e decidisse que eu não tinha valor. Mas você não tem que se incomodar com essas bobagens."

"Não há nada de bom em perder alguém - diz ela. - Mas talvez Lucy não devesse ser sua bússola para sempre. Talvez ela só tenha estado aqui para te orientar por um tempo, até você aprender a ser a sua própria bússola e encontrar o seu caminho no mundo." 

Muitas vezes desacreditando em seu potencial, Willowdean conhece Bo (ou bundinha de pêssego), um garoto atlético desejado por muitas garotas, por quem nossa protagonista acaba sentindo uma certa atração, o que para ela não era uma surpresa, até descobrir que há sentimentos também da parte dele e tudo começa a virar uma bagunça.

"A vida inteira tive um corpo digno de comentários, e se há uma coisa que viver na minha pele me ensinou foi que, se o corpo não é seu, você não tem o direito de dizer nada."

Pensando como um garoto como ele poderia a querer, acaba enfrentando ondas de insegurança com o próprio corpo, com medo de comentários e dos próprios sentimentos, ela decide participar do concurso Miss Jovem do Texas, cujo sua mãe é a organizadora, para provar a si mesma que não há problema algum em usar um biquíni que não seja tamanho 36.

"Se entrar lá e concluir que não é para você, então não volte mais. Mas a oportunidade você tem a obrigação de aproveitar, está me ouvindo?" 

Sabe aquele tipo de livro necessário? Então, Dumplin' aborda temas como bullying, primeiro amor e virgindade, o que poderia tornar a história um pouco clichê, mas vai muito além disso. Temos uma protagonista que tenta lidar com suas emoções e inseguranças, ao mesmo tempo em que tenta provar que não precisamos estar dentro dos padrões para sermos felizes.

A escrita da Julie Murphy é divertida e a autora nos proporciona momentos de diversão e reflexão, uma das coisas que mais me chamou a atenção no livro, o que me deixa bem animada para ler suas próximas obras.

"Às vezes, descobrir quem você é explica entender que o ser humano é um mosaico de experiências. Eu sou Dumplin'. Will e Willowdean. Gorda. Feliz. Insegura. Corajosa."


Avaliação
Título: Dumplin'
Autora: Julie Murphy
Editora: Valentina
Páginas: 336
Ano: 2017

Compartilhe este post:

Comentários
11 Comentários

11 comentários :

  1. Realmente parece um livro até imporante de ler principalmente nos dias de hoje , esses temas bullying e até virgindade parecem coisa do passado né? Mas sabemos que adolescentes sempre serão adolescentes é um rito de passagem e deve seer tratado, conversado e dado a devida importância.
    Parabéns pela resenha! Bjs

    ResponderExcluir
  2. Eu estou louca de vontade de ler este livro, gosto de tudo que foge do padrão e mostra a realidade nua e crua, como costumam dizer.
    Que bom que o livro tráz tanto diverção como reflexão, espero poder ler também.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Uau, esse livro parece ser um prato cheio, ein?! A estória me chamou muito a atenção, e saber desses temas tratados pela autora me deixou mais curiosa ainda para embarcar na leitura. Adorei tua resenha!

    ResponderExcluir
  4. Eu li esse livro há pouco tempo e me encantei com ele. Achei a escrita da autora maravilhosa e a trama tem muita aborda assuntos tão importantes.

    ResponderExcluir
  5. Olá a
    algum tempo atrás
    Eu li a resenha desse livro, fiquei curiosa e com vontade de ler mais a vontade passou e agora estou com vontade de ler novamente pela sua resenha

    ResponderExcluir
  6. Estou muito curiosa para ler essa obra, ainda mais porque só leio comentários positivos sobre ela. Parece conter uma história divertida e muito reflexiva também, espero conferir um dia e gostar tanto quanto você. Bjss!

    ResponderExcluir
  7. Olá, eu estou bem curiosa para ler esse livro desde que ele lançou e seus comentários só aumentaram essa curiosidade, o enredo para estar bem legal, com a protagonista bem construída e trazendo vários temas bacanas.

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem? Tenho lido bastantes resenhas positivas deste livro e todas já me convenceram a lê-lo hahaha. Quero fazer a leitura em breve! Também acredito que esta é uma leitura necessária, especialmente porque a gordofobia é pouco falada na literatura e, mesmo no mundo real, a gente ouve e vê cada situação preconceituosa... Com certeza, o livro é um ensinamento muito lindo. Também fiquei interessada nas próximas obras da autora! :)

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi
    De maneira geral, tenho implicância com os livros da editora, os que li, com exceção de um, geralmente eles erram na escolha, fica tudo muito banalizado, porém, não nego que a temática do livro chamou minha atenção e se eu tiver oportunidade de apreciar a obra, não vou pensar duas vezes.

    ResponderExcluir
  10. Quero este livro para ontem. Amei demais a premissa. Em um mundo que se valoriza tanto o corpo malhado/sarado e etc. É bom livros que nos traz uma protagonista que fogem dos padrões impostos, e que mostra que corpo bonito é o seu. <3

    ResponderExcluir
  11. É muito bom saber que o livro proporciona momentos de diversão e reflexão, acho que é o melhor tipo de livro, não fica bobo nem pesado. Do tema bullying estou um pouco cansada, mas como a obra vai muito além disso estou bem curiosa para ler. Já sou fã da protagonista por querer provar que a felicidade não depende de estar dentro de padrões muitas vezes completamente absurdos.

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar o seu comentário! Pode não parecer, mas um blogueiro vive de comentários e sugestões, faça a sua parte e deixe esta blogueira feliz!

Dicas:
- Deixe o link do seu blog/site, eu sempre dou uma olhada!

Regrinhas básicas:
- Por favor não usem palavras de baixo calão.
- Comentários desrespeitosos serão excluídos.

 
Copyright © Cantinho Geek. Designed by OddThemes