Entrevista com G. Profeta e Fabio Vieira do projeto 金 KIN

quinta-feira, julho 20, 2017 0 Comentários A+ a-


Olá geeks, tudo bem com vocês?

Através de uma parceria com o Studio Magenta eu consegui uma entrevista com os criadores do projeto 金 KIN que está tendo financiamento coletivo lá no catarse. O roteiro da HQ foi feita pelo G. Profeta - jornalista e Mestre em Divulgação Científica e Cultural pela Universidade Estadual de Campinas, e a arte pelo Fabio Vieira - cujo portfólio teve exposições no Brasil, Itália e nos Estados Unidos.

Venha conhecer mais sobre esse projeto, ler a entrevista super legal que fiz com eles e apoiar!



"No coração vibrante da cidade de São Paulo, existe uma lenda urbana: a garota fantasma da Liberdade, como as pessoas a chamam, entre sussurros. Ninguém sabe se ela existe de verdade, mas, ocasionalmente, no bairro japonês, ela é vista durante as madrugadas, sempre no escuro, correndo sobre a borda do viaduto ou empoleirada sobre um dos postes em formato de lanterna.Essa é a premissa de KIN, uma HQ (história em quadrinhos) que já está em pré-venda por meio da plataforma Catarse de financiamento coletivo (www.catarse.me), até 14 de setembro de 2017. Em KIN, a ideia é se debruçar sobre o componente humano que existe por trás de uma lenda urbana."
Foto do G. Profeta e ao fundo o desenhista Fabio.

ENTREVISTA



1. Conte-me um pouco sobre o projeto, de onde surgiu a ideia?

G. Profeta: KIN nasceu a partir de um conto escrito há cerca de dez anos. A ideia é abordar o que existe por trás de uma lenda urbana, numa narrativa ambientada fidedignamente no Brasil (e não em terras estrangeiras como NY ou Tóquio). Ao mesmo tempo, é uma narrativa experimental, com ritmo inspirado no haikai e arte inspirada no shodo. Vamos dizer, então, que é uma obra mestiça.

Fábio Vieira: Eu e o G. Profeta nos conhecemos através do Catarse, ambos estávamos com projetos em andamento. Ele estava buscando um desenhista para um novo projeto, me perguntou se eu conhecia alguém (na época ele não sabia que eu desenhava) e quando me apresentou toda essa proposta e história, eu não resisti... indiquei a mim mesmo haha!


2. Para a concepção dos personagens, o que foi levado em conta? (Ex: o que eles teriam que ter de marcante?)

G. Profeta: Eles teriam de ser possíveis. Críveis. Veja bem, Kin é uma justiceira, mas também é uma garçonete. Você poderia conhecer uma Kin. O mesmo vale p/ o Maurício, inspirado numa pessoa de carne e osso. Esses personagens são pessoas com as quais você poderia sentar p/ tomar uma cerveja (se eles tomassem cerveja).

Fábio Vieira: Acho que a Kin é mais da vibe do suco natural haha!
Foi um desafio super interessante atender a essa realidade proposta pelo Guilherme. Traduzir sentimentos, ideais e passados (história dos personagens) em traços e linhas. Coloquei neles toda a carga sentimental e poética que o Guilherme narrava. Trabalhamos juntos e muito para passar todo esse mix para os quadrinhos.




3. Qual foi a maior dificuldade encontrada?

G. Profeta: Encontrar a dose certa de violência, nudez e até erotismo sem cair na armadilha de tornar a história apelativa. Essas coisas acontecem porque precisam acontecer na história, não porque nós queremos esfregar na cara do leitor.

Fábio Vieira: Sim, encontrar esse equilíbrio tem sido nosso desafio desde o início. Minha arte nunca teve nenhum desses elementos (não são o tipo de coisa que eu faço) e concordamos desde os esboços que eles só entrariam quando conversassem com a narrativa de forma natural, completassem a poesia que permeia a história. Nossa sensibilidade e sintonia quanto a isso foi de extrema importância para a elaboração do quadrinho, que super cumpre a proposta ❤




4. O que você pretende transmitir com a história em quadrinhos?

G. Profeta: KIN é uma história sobre como os acontecimentos nos moldam. Os bons, mas principalmente os ruins. É mais ou menos como perguntar "O que é que você quer ser, na sua hora mais escura?".

Fabio Vieira: Ela faz você pensar sobre suas escolhas, as consequências delas e como você lida com elas. Por isso digo que KIN é puro sentimento. Isso torna a personagem e a história muito próximas de qualquer um, é fácil se identificar. Lidamos a todo momento com nossos sentimentos...só que sem a katana nas mãos.



5. Sou apaixonada por HQs e tenho que elogiar vocês pelo trabalho até então mostrado. Levou quanto tempo para a concepção da HQ, desde a ideia até o financiamento coletivo?

G. Profeta: Muito obrigado! Desde que eu, particularmente, voltei a trabalhar nesta história, foram cerca de sete meses, incluindo o período de roteiro, registro, concept, contrato e preparação da campanha.

Fábio Vieira: Aeee! ❤ ❤ ❤ Obrigado haha!!! Estamos construindo tudo isso juntos desde Janeiro. O Guilherme é uma pessoa muito fácil de trabalhar e escreve de uma forma muito visual, o que além de cativar minha leitura e vontade de desenhar, facilita o desenvolvimento gráfico da HQ. Nossas ideias batem e tudo fluiu muito bem. Acho que a qualidade de tudo que viu até agora é resultado dessa parceria.



6. Alguma dica para quem está iniciando agora e quer fazer sua própria HQ?

G. Profeta: Simplesmente faça. Não espere a obra ficar 100% pronta, porque ela não vai. Ela vai ser sempre um "work in progress", porque é isso que você é. Mas faça com embasamento: leia, estude. Encontre um cara ou uma garota que você admire e já esteja publicando e tente se aproximar dele/dela. Pergunte, tire suas dúvidas. Em outras palavras, simplesmente dê a cara a tapa.

Fábio Vieira: Não espere, acredite em você! Desenhe! Escreva! Estude e pratique o máximo que você puder, mas acima de tudo FAÇA e CONCLUA, com muito amor e dedicação (esse é o segredo)!



7. Algum recado para dar aos leitores do blog Cantinho Geek?

G. Profeta: Consumam conteúdo independente! E, se ninguém estiver escrevendo o que você quer ler, talvez o mundo esteja precisando de você para fazê-lo.

Fábio Vieira: Haha ele é muito bom nisso! SIM! Precisamos de mais gente divulgando, apoiando e produzindo materiais independentes e conteúdos nacionais de qualidade. Muito obrigado e parabéns ao Cantinho Geek por abrir esse espaço para os autores e artistas!
Passem lá no Catarse pra conferir esse projeto que tá lindão!!! Espero que gostem e abracem essa proposta!

A entrevista foi muito legal! Eu adorei a resposta dos autores e fico grata por terem reservado um tempinho para responder as perguntas do blog. Gostou da HQ? Saiba que com apenas R$ 25,00 você leva livro + marca-página + postal + nome nos agradecimentos, há outras formas de recompensa, então é só dar uma olhada lá no projeto do catarse: https://www.catarse.me/kin

Vamos apoiar este projeto, pois está lindo demais!


Tenho 21 anos, sagitariana e apaixonada por livros. Atualmente estou cursando Design Gráfico na UFG. Meus Hobbies são escrever, ler, ver Doramas, animes, filmes e séries. Gosto muito de filmes e séries de terror, mas em questão de livros e mangás eu prefiro os de romances. Em 2016 publiquei meu conto "Lilith - A Princesa das Trevas" na antologia Demontale e fechei contrato com a Young Editorial para publicar o meu livro "Porcelana: Rubrum Luna"

O animal que me representa é o lobo.




Não esqueça de deixar o seu comentário! Pode não parecer, mas um blogueiro vive de comentários e sugestões, faça a sua parte e deixe esta blogueira feliz!

Dicas:
- Deixe o link do seu blog/site, eu sempre dou uma olhada!

Regrinhas básicas:
- Por favor não usem palavras de baixo calão.
- Comentários desrespeitosos serão excluídos.