[Resenha] A História Esquecida da Hospedaria na Estrada - C.A. Saltoris

segunda-feira, março 28, 2016 2 Comentários A+ a-

Título: A História Esquecida da Hospedaria na Estrada
Autora: C.A. Saltoris
Editora: Chiado
Páginas: 352
Gênero: Suspense e Mistério, Terror, Romance
Sinopse: Era uma vez... Uma fria noite de outono, em um país do Hemisfério Norte do terceiro planeta do Sistema Solar da Via Láctea, chamado Terra...

Quando Mathew Roberts parte para visitar seu irmão em coma, ele é obrigado por seu estranho e repentino cansaço a hospedar-se em um hotel na beira da estrada. Ao ser recebido por uma jovem mulher com uma vela na mão, ele sente um frio descer-lhe pela espinha, mas não tem forças para voltar; como se ela fosse o imã e ele o metal. Ao pisar na recepção, ele começa a perder a memória.

O TEMPO PASSA. INTERRUPTAMENTE. E ELE QUEM NARRA ESTA HISTÓRIA

❤ Livro cedido em parceria com a editora.
❤ Literatura Nacional


Olá geeks, tudo bem com vocês?

Esse final de semana decide ler o livro A História Esquecida da Hospedaria na Estrada (Eita nome grande!) que foi me cedido em parceria pela Editora Chiado e eu jamais imaginei que iria me apaixonar tanto por essa história.


O que você faria se uma fada da morte se apaixonasse por você?

No começo do livro quando vi o primeiro capítulo que dizia: O narrador se apresenta, eu já pensei que seria um livro tedioso por causa do narrador onipresente, pois quem narra a história toda é Chronos o Deus do Tempo.

Porém ao contrário do que eu pensei que seria a narração foi maravilhosa e confesso que me diverti muito com os poucos comentários de Chronos. Para iniciar a história ele se apresenta e fala algumas coisas, pensei que seria assim todo o livro e se fosse seria muito tedioso, mas não é.

A hospedaria nada mais é do que um local entre mundos onde o tempo não passa, sendo assim, para que Chronos pudesse ficar lá ao lado de sua amada Linumê ele teria que adquirir uma capa (corpo) humano. Com a ajuda de Linumê ele consegue uma capa, um corpo de um garoto de 16 anos e adquiri o nome de Christopher, desta forma ele passa a viver na hospedaria podendo agora sentir como os humanos.

Linumê nada mais é que uma fada da morte, ela é a guardiã do portal do submundo que fica na hospedaria. As pessoas que desistem dos seus sonhos automaticamente vão para lá e assim ela os mata roubando seus sonhos mortos para que o seu mundo sobreviva. 

Porém quando um certo inquilino chega ela não tem coragem de matá-lo e isso tem um alto preço. Mathew Roberts tinha um sonho morto, ele desistira de procurar pelo amor da sua vida e assim desistira da sua felicidade. Sendo manipulado por Linumê ele acredita passar um tempo de folga na hospedaria para por sua mente em ordem.


Chris ou Chronos narra como a hospedaria surgiu e quando ele viu Linumê pela primeira vez no mundo, pois o tempo só passava na terra e não no Submundo, sendo assim, ele nunca esteve lá. Ele apaixonou-se no exato momento quando ela falou com ele.

E já posso dizer que ele é o meu personagem favorito de toda a história, ele é apaixonante, sábio e divertido. Apesar de estar em um corpo de 16 anos durante a puberdade, ele carrega uma grande experiência devido ao fato de observar os humanos desde os primórdios dos tempos. E posso dizer que vê-lo enciumado é a coisa mais divertida que encontrei no livro ou seus momentos com Linumê com os quais ele fica sonhando.

Chris percebe o porque de Linumê ainda não ter matado o humano: ela havia se apaixonado por ele e vice-versa. Porém, um humano jamais poderia ficar vivo na hospedaria e muito menos sair de lá com vida.


E assim começa o drama da nossa Fada da Morte que não pode beijá-lo na vida real ou ele morreria, em sua saliva ou qualquer excreção dela contém um veneno que o faria partir desse mundo, assim, ela cria o Mundo dos Sonhos onde pode ter vários momentos com Mathew. Porém tudo que é bom dura pouco...

Como uma fada da morte poderia ficar com um humano? Mathew não cai mais em suas ilusões e começa a descobrir a verdade, porém, a verdade pode custar sua vida.



Eu praticamente devorei o livro, eu queria saber o que aconteceria e o final me deixou com um gostinho de quero mais! Amei o desenrolar do livro e como as coisas foram acontecendo, eu fiquei me remoendo o tempo inteiro já que não tinha ideia de como o livro iria terminar e posso dizer que me surpreendi.

Linumê é uma personagem incrível, ela não é nada boazinha já que é uma criatura do submundo, mas eu não consigo não amá-la, ela é perfeita!

A autora soube desenrolar o livro tão perfeitamente que hora nenhuma eu me senti entediada ou previ algum acontecimento, tudo era novidade. E enquanto estou fazendo essa resenha eu ainda estou viajando nesse mundo maravilhoso que conheci, mas que não quero dizer adeus.


A capa é lindíssima, porém, eu a achei um pouco escura demais e ela reflete muito fazendo com que as fotos não fiquem tão boas. Uma coisa que me incomodou foi o uso de fontes free do word. Reconheci todas que foram usadas e talvez um estudo melhor de tipografia teria feito esse livro ficar lindíssimo e uma diagramação decorada iria fechar o pacote completo.

Não vi erros, porém só teve algo que me incomodou, quando Chronos falava em algumas partes ele narrava assim:

- É mesmo? - Disse eu.

Não precisava desse "eu", felizmente, isso não é usado frequentemente ou teria sido muito tedioso. Fora isso está tudo muito bem feito e com certeza este livro vai para os meus favoritos!

E você já leu?


Avaliação:


Até o próximo post!

Tenho 21 anos, sagitariana e apaixonada por livros. Atualmente estou cursando Design Gráfico na UFG. Meus Hobbies são escrever, ler, ver Doramas, animes, filmes e séries. Gosto muito de filmes e séries de terror, mas em questão de livros e mangás eu prefiro os de romances. Em 2016 publiquei meu conto "Lilith - A Princesa das Trevas" na antologia Demontale e fechei contrato com a Young Editorial para publicar o meu livro "Porcelana: Rubrum Luna"

O animal que me representa é o lobo.




2 comentários

Escreva um comentários
Andressa Petrova
EQUIPE GEEK
29 março, 2016 Deletar

Eu amo esse livro, é o meu nº 1 ❤
Também o conheci por cortesia da Chiado, tenho tanto amor por esse livro *-* O nome pode ser grande, mas a capa e a história são perfeitas!!

Minha Fuga da Realidade 💕

Responder
avatar
Géssica Marques
EQUIPE GEEK
29 março, 2016 Deletar

Oiee!!
Esse livro é ótimo mesmo! *o*
Chiado nos fazendo amar mais e mais livros.

Responder
avatar

Não esqueça de deixar o seu comentário! Pode não parecer, mas um blogueiro vive de comentários e sugestões, faça a sua parte e deixe esta blogueira feliz!

Dicas:
- Deixe o link do seu blog/site, eu sempre dou uma olhada!

Regrinhas básicas:
- Por favor não usem palavras de baixo calão.
- Comentários desrespeitosos serão excluídos.