Entrevista com o vampiro: A história de Cláudia - Anne Rice

Título: Entrevista com o Vampiro: A história de Cláudia
Autora: Anne Rice
Ilustradora: Ashley Marie Witter
Editora: Rocco
Compre aqui!
Olá, geeks! A resenha de hoje é um pouco diferente, pois tem vídeo! Isso mesmo, vídeo! Para quem quiser ler vai estar escrito aqui, mas quem estiver com vontade de ver o vídeo poderá ver também!

Confira a sinopse:

Esta não é simplesmente uma adaptação para os quadrinhos de Entrevista com o vampiro, bestseller de Anne Rice que virou filme em 1994. Meticulosamente ilustrado por Ashley Marie Witter, a versão em graphic novel do livro de estreia da rainha dos vampiros reconta a história sob um ponto de vista inédito: o da vampira criança Cláudia, a imortal de 6 anos de idade, órfã e assassina, vítima e monstro, representada por Kirsten Dunst na versão cinematográfica.
As ilustrações em tons de sépia de Ashley Marie Witter retratam fielmente os personagens felinos e andróginos de Rice. O desenho detalhista, algo vintage, reforça o clima ao mesmo tempo sensual e sombrio da obra original, renovando e enriquecendo a narrativa.
A história se inicia com a transformação da enigmática Cláudia em um vampiro e acompanha seu “envelhecimento”, as hostilidades crescentes entre ela e Lestat, seu caso de amor platônico com Louis e sua busca desesperada por outros de sua espécie, com quem espera obter respostas sobre sua própria natureza.
A perspectiva de Cláudia, com uma mente adulta eternamente aprisionada em um corpo infantil, nos mostra uma nova gama de conflitos e contradições, nunca antes apresentados em qualquer livro da série original, tornando esse volume um item indispensável para qualquer aficionado por Anne Rice e seus personagens.
A adaptação é a primeira graphic novel inteiramente produzida pela autora e ilustradora Ashley Marie Witter, que estudou desenho pensando em trabalhar com cinema e videogames antes de descobrir sua vocação para os quadrinhos.






O livro A entrevista com vampiro: História de Cláudia, é basicamente como o nome diz, nesta graphic novel iremos ver o ponto de vista da nossa pequena vampira: Cláudia. No começo do livro, ela conta o que lembra de quando foi transformada, e também sobre Lestat e Louis. Logo de cara você vê que apesar de ela sair muito com Lestat para caçar, Cláudia é mais apegada a Louis. E assim, você se depara com o primeiro amor de nossa criança florescendo.

Lestat a ensina como se deve agir e também que deverá se proteger do sol, do contrário virará pó. O tempo vai passando e ela se afunda nos livros para poder passar o tempo, as coisas que a interessava, já não a interessa mais, e o seu corpo se torna a sua prisão.


Ela começa a se questionar o que é, ela conhece apenas a sua natureza vampírica, já que foi transformada quando criança. Ela não entende o que é amar ou até mesmo odiar, mas consegue entender através dos seus livros. Como ela não conheceu nada de sua natureza humana, ela gostaria de aprender mais sobre a sua natureza vampírica.

É assim que Cláudia começa a fazer várias perguntas para Lestat. Acredito que seja por isso que o livro se chame "Entrevista com um vampiro", já que ela começa a fazer várias perguntas sobre quem ela é, como foi transformada, quem transformou Lestat, e se existem outros, e se existem onde estão. Mas se não for este o motivo do nome do livro, por favor, me corrijam, pois eu ainda não li os livros anteriores a este.


E é obvio que Lestat foge de todas as suas perguntas, sendo grosso e nunca respondendo. E é assim que o sentimento de ódio contra ele vai nascendo dentro de Cláudia. Ela já não é mais uma menininhas de 8 anos, mas uma mulher aprisionada dentro de um corpo pequeno e frágil, fato que a quase deixa louca em alguns momentos.

Cláudia é uma personagem incrivelmente inteligente, ela monta estratégias, consegue persuadir e mesmo tendo um corpo pequeno, pode tirar vantagem disto com a sua inteligência. Seu maior sonho é poder conhecer os outros de sua espécie, fugir daquele enclausuramento causado por Lestat.

Ela não quer passar a sua eternidade naquela mesma cidade e com as mesmas pessoas, ela quer conhecer o mundo.

Ferindo meu amante dessa maneira... chicoteando até sair sangue...
Talvez amor fosse de fato uma sombra pálida do ato de matar...
Cláudia



A diagramação da graphic novel está maravilhosa. Como vocês podem ver na imagem a cima, todas as ilustrações seguem com este efeito sépia, mas quando há fogo ou sangue há cor, destacando-se de todo o resto. E eu achei isso maravilhoso! Foi realmente bem pensado.

Encontrei apenas três erros, mas estes me incomodaram o suficientemente para eu ter de comentar aqui. Primeiro, Lestat estava tendo uma discussão com Cláudia, e quando foi chamá-la de verme não era assim que estava escrito, e sim, veme. Fiquei bastante chateada, pois era um momento importante, um momento em que qualquer um que estivesse lendo notaria o erro. E logo após este teve um erro de conjuração do verbo.

Outra coisa que me incomodou foi que em determinada parte da história eles conhecem uns personagens que falam outra língua e sabe como era a representação de que estavam falando outra lingua? Isso aqui:

<Olá, como vai você?>

Sim, exatamente isto que você viu. Eu pensei que era um erro, mas depois vi que ele persistia, foi então que a ficha caiu. Não era um erro, mas uma representação de que estavam falando outra língua. Na minha opinião eles poderiam ter mudado a tipografia, e não ter colocado essas pontuações.


A História de Cláudia é fascinante! Confesso que em alguns momentos eu conseguia sentir o desespero de Cláudia por estar presa dentro do corpo de uma criança, afinal, apesar dos séculos, todos continuavam tratando-a apenas como uma criança e não como a mulher que era mentalmente.

Ela queria ser adulta. Queria poder fazer as coisas que um adulto podia, além de que gostaria de desfrutar do seu amor, Louis, mas como o fazer se era uma criança?
A medida que os anos transcorreram em décadas...
A minha "inocência" se perdeu...

Super recomendo a Graphic Novel, mas acredito que seria mais sábio comprar o livro que originou esta versão. E o livro que originou nada mais é do que Entrevista com o Vampiro de Anne Rice. Mas porque eu recomendo que adquira antes deste? Pelo simples fato de você ser introduzida(o) neste universo que Anne Rice escreveu.

Nesta HQ temos apenas a visão de Cláudia, seus pensamentos e o que acontece em seu redor. Você é introduzido a história já no começo, mas não ao universo. Como são as regras dos vampiros, como é este mundo, eu não sei, aprendi pouco sobre isso, mas acredito que no primeiro livro da série deve conter essas informações. Enfim, não sei se o livro que deu origem a este conta detalhadamente este universo, mas eu acredito que sim. Se alguém leu me diga.

A leitura do primeiro livro não é obrigatória, dá pra entender tudo o que está acontecendo neste, mas você irá querer ver o que mais aconteceu, o que acontecia que Cláudia não via.



Quando for ler esta HQ lembre-se de algo, seja forte, não se entregue ao desespero que Cláudia sente. Você deve lutar para manter a mente sã. Os sentimentos dela são tão profundos que você poderá pensar que é você ali e que está presa no corpo de uma criança de 8 anos. (eu não sei se é esta a idade certa, mas eu imagino que seja)

Fique firme e forte e aguente tudo assim como ela faz, ou poderá perder a sua identidade no meio da leitura.

E aí? Já leu ou quer ler?


Avaliação:


Compartilhe este post:

Comentários
10 Comentários

10 comentários :

  1. Só a capa já me faz delirar.
    Vc q escreve? Sua escrita é muito boa.
    Sucesso!
    letraspublicas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      Esse eu comprei, mas a resenha fui eu que escrevi kkkk'
      Eu escrevo também, mas eu posto no Wattpad.
      Beijinhos!

      Excluir
  2. Suas fotos ficarão lindas! Fiquei curiosa para ver o vídeo.bjs
    www.katiamagal.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Katia!
      Espero que goste do vídeo *o*

      Excluir
  3. Adorei ;~;
    MAEEEE COMPRA PRA MIM T^T
    eu quelo ;~;
    Muito bom mesmo e lindo *¬*
    Meu Blog The World by Koizumi Visite *o*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É lindo, não é?
      A história é incrível! Caso leia me conte o que achou, se bem que eu acho que você irá gostar hehe
      Beijinhos!

      Excluir
  4. Meus parabéns ótimo trabalho!

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar o seu comentário! Pode não parecer, mas um blogueiro vive de comentários e sugestões, faça a sua parte e deixe esta blogueira feliz!

Dicas:
- Deixe o link do seu blog/site, eu sempre dou uma olhada!

Regrinhas básicas:
- Por favor não usem palavras de baixo calão.
- Comentários desrespeitosos serão excluídos.

 
Copyright © Cantinho Geek. Designed by OddThemes