Review: Amante Eterno - Irmandade da Adaga Negra





Vampiros
HOT
Romance
Sobrenatural





Sinopse: Nas sombras da noite, em Caldwell, Nova York, desenrola-se uma sórdida e cruel guerra, entre vampiros e seus carrascos. Há uma irmandade secreta, sem igual, formada por seis vampiros defensores de sua raça. Dentro da Irmandade, Rhage é o vampiro de apetites mais vorazes. É o melhor lutador, o mais rápido a reagir, baseado em seus instintos, e o amante mais voraz, porque em seu interior arde uma feroz maldição lançada pela Virgem Escriba. Possuído por esse lado sombrio, Rhage teme constantemente que o dragão dentro de si seja liberado, convertendo-o num perigo letal para todos à sua volta. Mary Luce, uma sobrevivente de muitas adversidades, entra de maneira involuntária no universo dos vampiros, contando apenas com a proteção de Rhage. Concentrada em combater sua própria maldição, potencialmente mortal, Mary não está em busca de amor e perdeu sua fé em milagres tempos atrás. Mas quando a intensa atração animal de Rhage se transforma em algo mais emocional, ele sabe que Mary precisa ser sua e de mais ninguém. E enquanto os inimigos fecham o cerco, Mary luta desesperadamente para alcançar a vida eterna com aquele que ama...



Amante Eterno é o segundo livro da série Irmandade da Adaga Negra. Confira a série toda AQUI!

  • 1. Dark Lover (2005) - Amante Sombrio - livro do Wrath.
  • 2. Lover Eternal (2006) - Amante Eterno - livro do Rhage.
  • 3. Lover Awakened (2006) - Amante Desperto - livro do Zsadist.
  • 4. Lover Revealed (2007) - Amante Revelado - livro do Butch.
  • 5. Lover Unbound (2007) - Amante Liberto - livro do Vishous.
  • 6. Lover Enshrined (2008) - Amante Consagrado - livro do Phury.
  • 7. Lover Avenged (2009) - Amante Vingado - livro do Rehvenge.
  • 8. Lover Mine (2010) - Amante Meu - livro do John Matthew.
  • 9. Lover Unleashed (2011) - Amante Libertada - livro de Payne.
  • 10. Lover Reborn (2012) - Amante Renascido - livro de Tohr.
  • 11. Lover At Last (2013) - Amante Finalmente.
  • 12. The King (2014) - O Rei
  • 13. The Shadows (2015)
Rhage é o garanhão dos irmãos, só pensa em sexo ou luta, mas ele tem algo dentro de si que do qual até ele teme, a besta. E para controlá-la ele deve fazer sexo ou arrumar uma boa luta, daí o seu vício nesses dois itens. 

Isso sem falar que Rhage é o lindo de morrer. Se ele quisesse poderia ser um ator de Hollywood, que de fato é o seu apelido. Antes que eu me aprofunde um pouco mais neste livro, irei deixar um trecho que aparece no final do livro Amante Sombrio.

Trecho: 

Rhage se sentia um lixo enquanto avançava pelas voltas do longo corredor. Cada vez que a besta irrompia dele, sua visão tirava umas férias, e, como sempre, os olhos iam retornando ao trabalho muito preguiçosamente. E seu corpo também estava esgotado. Suas pernas e braços pesavam como chumbo; dava para usá-los, mas com esforço.
E o estômago? Só de pensar em comida já ficava nauseado.
Mas tinha de sair de seu quarto. Já desperdiçara tempo demais: doze horas direto deitado. Iria ao ginásio do centro de treinamento, montas na bicicleta reclinada, e poder desenferrujar um pouco.
Rhage parou, tenso. Não conseguia enxerga direito, mas soube com certeza que não estava sozinho no vestíbulo.
Girou e atirou bruscamente a figura através do portal, agarrando-a pela garganta, forçando seu corpo contra a parede. Tarde demais, deu-se conta de que era uma mulher, e seu gritinho abafado o encheu de vergonha. Imediatamente, afrouxou a mão, não a soltou.
Santo Deus, ela era humana.
O que uma humana estava fazendo no quarte-general da Irmandade?
- Quem é você? - quis saber - O que está fazendo aqui?
Não houve respostar, só a respiração acelerada. Estava completamente apavorada, o cheiro de seu medo era como incenso em seu nariz.
Ele baixou a voz.
- Não vou fazer lhe mal. Mas não devia estar aqui e quero saber o seu nome.
A pele sob a sua palma era quente e macia. A garganta era delgada e o sangue corria rapidamente através das veias que chegavam ao coração dela. Os cabelos tinham um belo tom de castanho e lhe caíam pelos ombros.
- Meu nome é Mary. Com com uma amiga.
Rhage perdeu o fôlego. Seu coração pulou um batimento e desacelerou.
- Repita isso. - Ele sussurrou.
- Ah, meu nome é Mary Luce. Sou amiga de Bela...
Rhage estremeceu. Uma onda balsâmica percorreu toda a sua pele. O timbre musical de sua voz, o ritmo de seu discurso, o som de suas palavras se espalharam por ele, acalmando-o, confortando-o.
Embalando-o docemente.
Rhage fechou os olhos.
- Fale mais.
- Como? - perguntou ela, obviamente confusa.
- Fale comigo. Quero ouvir a sua voz de novo.

(...)

- Já está bom para você? Vai me deixar ir, agora?
- Não.
Ela se debateu contra ele outra vez, criando uma fricção deliciosa entre seus corpos.
E ele percebeu quando toda aquela ansiedade e irritação se converteram em desejo. Farejou sua excitação, um doce aroma no ar. O corpo dele respondeu. Moveu seus quadris em um lento círculo, esfregando-se nela.
Estava duro como um diamante.
As mãos dela achataram-se contra a sua cintura e depois deslizaram lentamente por suas costas, como se não estivesse certa do motive de responder a rele daquela forma. Ele arqueou o corpo contra ela e sentiu-lhe as palmas subirem a espinha.
Rhage soltou um grunhido baixo e deixou a cabeça pender a fim de que seu ouvido ficasse próximo a boca da mulher. Queria lhe sugerir outra palavra para que a pronunciasse, algo como apetitoso, sussurro ou morango.
O efeito que tinha sobre ele era como uma droga, uma irresistível combinação de desejo sexual e profunda paz. Como se estivesse tendo um orgasmo e caísse em um sono plácido ao mesmo tempo. Jamais sentira algo assim.
Um calafrio o atravessou como um relâmpago, absorvendo todo o calor em seu corpo.
Jogou a cabeça para trás para se lembrar do que Vishous lhe dissera.
- Você é virgem? - quis saber Rhage.
- Como é que é? Isso é pergunta que se faça? - ela o empurrou com força.
A ansiedade fez com que ele aumentasse a pressão em sua clavícula.
- Já foi possuída por um macho? Responda à pergunta.
Sua adorável voz se elevou, assustada.
- Sim. Sim, tive... um amante.
O desapontamento fez com que afrouxasse a pressão. Mas, logo em seguida, sentiu-se aliviado.
Pensando bem, não tinha muita certeza de que precisava encontra um destino naqueles dez minutos.
Além disso, mesmo que ela não fosse o seu destinho, aquela fêmea humana era extraordinária... algo especial.
Algo que precisava tomar para si.

Neste incrível universo de J.R. Ward, os vampiros foram feitos por uma deusa que podia conceber uma criação, sendo assim, a Virgem Escriba concebeu os vampiros, mas seu irmão, Ômega, do qual não poderia conceber nada ficou com inveja e criou os redutores, humanos que lhe entregam (ou não) o coração e sua alma em troca da vida eterna.

Os redutores são impotentes, e sem a sua alma vão se esbranquiçando até ficarem totalmente brancos, isso inclui, cabelo, pele e olhos. Este seres lutam contra os vampiros, querendo exterminar a raça que a Virgem Escriba criou. Sendo assim a Irmandade da Adaga Negra combate eles evitando a extinção da raça.

Em Amante Eterno termos o enfoque em Rhage, cada livro vai focar em um irmão da Irmandade, no primeiro livro, Amente Sombrio, teve o enfoque em Whrat, e o próximo livro, Amante Desperto, é o livro do Zsadist.

O incrível dessa série é cada livro é melhor que o outro, você vai devorar um livro após o outro sempre querendo saber mais, então, se você vicia em livros, e eu sei que vai viciar nesta série, já compre quatro ou cinco livros de uma vez para não ficar em abstinência.

Amante Eterno possui 441 páginas de pura emoção. Você não vai querer largar este livro nem para comer ou tomar banho. 

Rhage é o garanhão e sua vida se resume a luta e sexo até encontrar Mary... Lutar por este amor não será fácil, pois além de ser humana, Mary possui uma doença grave. A única forma de ficar com Rhage é alcançar a vida eterna, pois vampiros podem viver por séculos e ainda aparentar estarem jovens.

Vou encerrando esta resenha por aqui, pois falar sobre um livro é difícil, pois eu evito spoilers. Qualquer dúvida deixem nos comentários, e deixem também sugestões de livros.

Abaixo as capas Inglesa e de Portugal, respectivamente.



Avaliação:

Compartilhe este post:

Postar um comentário

Não esqueça de deixar o seu comentário! Pode não parecer, mas um blogueiro vive de comentários e sugestões, faça a sua parte e deixe esta blogueira feliz!

Dicas:
- Deixe o link do seu blog/site, eu sempre dou uma olhada!

Regrinhas básicas:
- Por favor não usem palavras de baixo calão.
- Comentários desrespeitosos serão excluídos.

 
Copyright © Cantinho Geek. Designed by OddThemes