Cantinho Geek

21 setembro, 2018

[Resenha] O Conto da Aia de Margaret Atwood
setembro 21, 2018 3 Comentários
Olá, pessoal! Como estão?

Hoje trago a resenha de um livro muito comentado nos últimos tempos e que ocupa posição de destaque nas listas de mais vendidos de vários países. Inclusive, já foi até adaptado para a televisão, uma série muito comentada também, no título original: "The Handsmaid's Tale" e está em sua segunda temporada.



O livro é narrado por Offred e ela conta sua rotina na República de Gillead, antigos EUA, mas que sofreu uma revolução teocrática em que eles seguem à risca o Velho Testamento Bíblico e o país é dominado por radicais cristãos. Por conta disso, as mulheres são afastadas da vida em sociedade, sem direito de ter opinião, sem direito à alfabetização, sem direito à nada, e divididas em diferentes castas: as Marthas que são responsáveis por tarefas domésticas e esposas dos comandantes; as Aias que apenas tem a função de dar um filho aos comandantes e as Tias que educam as mulheres para servirem e serem submissas.



Enquanto Offred conta sua rotina, a obra vai intercalando em momentos pré-revolução, em que ela tinha um emprego, um marido e uma filha. Ela se prende a essas memórias e parece que carrega em si o objetivo de um dia tudo isso acabar e ela finalmente encontrar sua filha e o marido.

É interessante notar que o livro foi escrito em 1985 e se passa no ano de 2017. É interessante notar também, que mesmo se tratando de uma sociedade dominada por radicais cristãos, existem aqueles que possuem privilégios e poder para conseguirem o que querem, mesmo que o desejado faça parte de um costume antigo que é execrado.



A história é forte, e a autora não poupa o leitor e causa desconforto. Ainda mais, no cenário político em que estamos, acho que essa leitura é obrigatória. Não é uma leitura para descontração, para relaxar. É uma leitura feita para alertar, incomodar e acredito que ele deva ser lido mais de uma vez.


Avaliação: 5/5 Estrelas 
Autora: Margaret Atwood
Tradução: Ana Deiró
Editora: Rocco
Ano: 1985

20 setembro, 2018

Voragem de Junichiro Tanizaki - Diário de Leitura 100%
setembro 20, 20181 Comentários

Esse vídeo é parte final de Diário de Leitura do livro Voragem. Assim, tem spoilers do final do livro. Esse vídeo é para quem está lendo, ou já leu, e quer saber a minha opinião sobre os acontecimentos, ou, para quem não tem problema nenhum com spoilers.

17 setembro, 2018

[HQ] Uma dobra no tempo, Darkside Books | Folheando
setembro 17, 2018 4 Comentários


Olá! Tem algum livro que você tem curiosidade de ver como ele é por dentro? Estou abrindo um novo quadro no canal chamado Folheando, onde faço exatamente isso, mostrar como os livros são por dentro e os detalhes dos acabamentos. São vídeos curtos com uma música legal. E o primeiro livro que venho lhes mostrar é a HQ de Uma Dobra no tempo que foi publicado pela DarkSide Books.

11 setembro, 2018

Voragem de Junichiro Tanizaki - Diário de Leitura 72%
setembro 11, 2018 4 Comentários

Oi amores! Segunda-feira saiu vídeo novo, desta vez é um Diário de Leitura, onde falo tudo o que li até o momento do livro, então, tem spoilers! Esse é um vídeo de 72% de leitura onde conto minhas suposições e a história desse romance maravilhoso. Para que não conhece, Voragem é do autor Junichiro Tanizaki, e esta edição foi feita pela Tag Livros. Se trata da literatura oriental, então se você quer ver um livro bem diferente do que está acostumado recomendo que veja o vídeo.
[Série] Wolf Creek - 2ª Temporada
setembro 11, 2018 8 Comentários
Fala galera! Vocês não imaginam o prazer que é estar de volta! E hoje vou falar sobre a segunda temporada da série Wolf Creek. Só tenho uma coisa a dizer: Que season, meus amigos! MARAVILHOSA! Maratonei em um dia os 6 episódios para vocês terem uma ideia. Nessa nova temporada nosso sádico assassino Mick Taylor (John Jarratt) sobreviveu aos eventos da temporada anterior (ele é praticamente um Jason ou Mike Meyers, nunca morre!) e continua espalhando terror e tortura por onde passa. Tudo começa quando um grupo de 13 (número da sorte do nosso killer) turistas resolve visitar pontos turísticos do deserto australiano. 


O motorista do ônibus e chefe da excursão é Davo (Ben Oxenbould). Os passageiros são: Rebecca (Tess Haubrich) e Danny (Charlie Clausen) que estão em crise no relacionamento; o psicólogo Brian (Matt Day); as amigas Kelly (Laura Wheelwright) e Michelle (Elsa Cocquerel); os namorados Steve (Jason Chong) e Johnny (Adam Fiorentino); o blogueiro Wade (Elijah Williams); o ex-militar Bruce (Christopher Kirby); a família alemã formada por Oskar (Julian Pulvermacher), Nina (Felicity Price) e Emma (Josephine Langford); e não podia faltar o gordinho falador, Richie (Stephen Hunter). Os primeiros dois episódios servem para conhecemos melhor essas pessoas e seus conflitos. E a partir do terceiro as coisas pegam fogo, literalmente! Se você não assistiu aos filmes ou a primeira temporada, pode assistir a segunda temporada sem problemas porque não são continuações.


As mortes são surpreendentes, personagens que não imaginávamos acabam morrendo e a partir daí a série fica eletrizante. Numa parada, Davo encontra Mick e na conversa o nosso killer chega a perguntar se o motorista duvida que ele seja capaz de conduzir um grupo pelo deserto em um passeio turístico. Após se sentir zombado por seu vocabulário e jeito esdrúxulo, Mick dá um jeito de assumir o controle do ônibus e se tornar o novo motorista. Uma coisa que a série vai abordar também é o fato de que quando se luta pela sobrevivência, as pessoas se tornam egoístas e deixam a humanidade de lado.


Ele poderia matar a todos durante a noite, mas não é o tipo de jogo que Mick gosta de fazer. Ele gosta de dor e sofrimento, gosta de saborear suas vítimas agonizando e lutando pela sobrevivência. E também se ele fizesse isso não teríamos série, né?!  Os sobreviventes terão que lutar contra a fome, sede, ao calor do deserto e aos ataques dele. O que posso dizer é que a série entrega uma outra final girl e é tem uma saldo de temporada bem melhor do que a primeira. E vocês, já assistiram? Gostaram? Comentem aí o que acharam da temporada.  Até a próxima!


OBS: A música de abertura é maravilhosa!

Confiram o trailer da temporada:



Por: Rodrigo Fonseca
Siga-me no Instagram e acompanhe minha Fan Page

08 setembro, 2018

[Resenha] Jogador Nº1 - Ernest Cline
setembro 08, 2018 3 Comentários

indústria de games e tecnologia está em ascensão surpreendente, com novidades dignas de desafiar os maiores contos da ficção científica sendo reveladas toda semana. Jogos com gráficos cada vez mais impressionantes e mecânicas tão complexas que são necessárias equipes gigantescas (e muito tempo!) para produzir apenas uma dessas maravilhas do entretenimento são anunciados todos os anos. O cenário se tornou tão competitivo que, acredito eu, muitas das grandes e pequenas empresas apenas querem tirar o máximo de proveito disso, tomando uma parte do lucro potencialmente gigantesco presente na área para si.

05 setembro, 2018

Bookhaul de Agosto
setembro 05, 2018 4 Comentários

Olá amores! Saiu vídeo novo no canal, como venho lhes informando teremos sempre vídeos novos nas quartas e domingos. O vídeo de hoje foi escolhidos pelos queridos seguidores do Instagram, então, se você quiser ficar por dentro das novidades e participar das votações é só seguir @cantinhogeek lá no Instagram.

03 setembro, 2018

[Resenha] Uma dama fora dos Padrões - Julia Quinn
setembro 03, 2018 8 Comentários

O livro Uma dama fora dos padrões é o meu primeiro contato com a autora Julia Quinn - escritora de Romance de Época com milhões de fãs, principalmente com a série os Bridgertons que vai até virar série pela Netflix! Este aqui é o início de uma nova série que se passa antes de os Bridgertons, pois antes deles havia os Rokesbys.